domingo, 20 de maio de 2012

quarta-feira, 16 de maio de 2012

É divertido e tem muitas aventuras

A Última Noite do Mundo + OfertaValentim chega ao Observatório, em Espanha, enquanto Diana viaja ao seu encontro. Será desta que triunfa o amor? Pode ser, mas não se esqueçam do Grande Caçador…
Entretanto, Mil-Homens descobre que a sua amada é um vampiro. Que horror!
O que fará ele, que é um caçador, antes de mais nada? O que fará ela, que está apaixonada?
Por sua vez, os Perestrelo, no regresso do segundo funeral do Bisavô, encontram a casa ocupada. Mas isso importa? Dizem que a vida, na grande casa que é a Terra, vai acabar. É a maldição da estrela negra. Acontece a cada 30 milhões de anos. Um cometa negro chega de repente e é o fim. A menos que o Valentim…



http://www.facebook.com/pages/Club-Cr%C3%B3nicas-do-vampiro-Valentim/187103274711378

terça-feira, 15 de maio de 2012

Vamos divertir-nos juntos!

Quem é o Geronimo Stilton?
Sou eu! Sou um senhor, ou melhor, um roedor um pouco distraído, sempre com a cabeça nas nuvens… Dirijo uma editora, mas a minha verdadeira paixão é escrever. Aqui em Ratázia, na Ilha dos Ratos, os meus livros são todos bestsellers. O quê? Não os conhecem? São histórias para rir, mais delicadas que queijo fresco, mais apetitosas que o da Serra, mais suculentas que o cabreiro… histórias mesmo ratonas, palavra de Geronimo Stilton!

Já alguma vez estiveram aqui, na Ilha dos Ratos? É uma estranha  ilha , em forma de fatia de queijo situada no Oceano Rático Meridional, onde todos protegem a natureza e os roedores vivem felizes.
A capital é Ratázia. Aí vivo eu, Geronimo Stilton!
É em Ratázia que se desenrolam as minhas aventuras: histórias que me aconteceram mesmo, palavra de Stilton, de Geronimo Stilton!
São histórias divertidas, estranhas,exageradas, incríveis, mas, acima de tudo, histórias para rir... Não acreditam? Bem, experimentem ler uma! E, se estiverem para aí virados, convido-vos para o meu site na Internet. Vamos divertir-nos juntos!


sexta-feira, 11 de maio de 2012

Um policial negro onde os fins justificam os meios

O Veredicto é um thriller jurídico, um policial negro onde os fins justificam os meios. Capturando a essência de Los Angeles, o autor apresenta-nos personagens fortes, com destaque para Michael Haller e Harry Bosch, as duas personagens principais.
Antes de se tornar escritor, Michael Connelly trabalhou como jornalista policial do Los Angeles Times, onde adquiriu conhecimentos na área da investigação criminal. No início dos anos 90 publicou o seu primeiro romance, Black Echo, com o qual recebeu o prestigiado Edgar Allan Poe Award para primeiro romance. A partir daí dedicou-se em exclusivo à literatura e foi agraciado com novos prémios, como o Anthony Award para Melhor Romance de Mistério, e, em 2003, foi eleito presidente da associação Mistery Writers of America, cargo outrora ocupado por Raymond Chandler.

Sobre a obra:
Toda a gente mente. Os polícias mentem. Os advogados mentem. As testemunhas mentem. As vítimas mentem. Um julgamento é um concurso de mentiras.
Após um interregno de dois anos, Michael Haller regressa à barra dos tribunais. O seu colega Jerry Vincent foi assassinado e Haller herda o seu maior caso de sempre: a defesa de um famoso produtor de Hollywood, acusado de ter matado a mulher e o amante desta.
Enquanto se prepara para o julgamento que o poderá levar à ribalta, Haller descobre que o assassino de Vincent está agora no seu encalço.
É então que surge Harry Bosch, um detetive da polícia disposto a tudo para resolver o caso de Vincent, e que não hesita em usar Haller como isco. À medida que o perigo aumenta, estes dois lobos solitários rapidamente percebem que a única saída é trabalharem em equipa.
O Veredicto foi considerado pela crítica internacional um dos romances mais marcantes de Michael Connelly, um dos maiores mestres de thrillers jurídicos da atualidade. (fonte: O clube dos Livros

quinta-feira, 10 de maio de 2012

A verdade nua e crua




O Greg Heffley sempre teve muita pressa em crescer. Mas, agora que vai ficando mais velho, começa a perceber que afinal crescer pode não ter assim tanta piada. Sem poder contar com o apio de Rowley, com quem se zangou no verão, Greg vai ter de enfrentar sozinho problemas como: borbulhas, as paixonetas, as aborrecidas reuniões familiares, os trabalhos de casa que agora tem de fazer com o superexigente pai, a falta de pontaria para a sanita (agora que a mãe obrigou toda a gente lá de casa a fazer xixi sentado!) ou o facto de ter de tomar banho com os colegas nos balneários da escola. É uma selva lá fora, e o Greg vai ter de crescer para sobreviver!
Este livro é o quinto volume da série O Diário de um Banana, que está a ser um extraordinário sucesso entre nós e a nível mundial, com mais de 50 milhões de exemplares vendidos e adaptação ao cinema.
«Um romance hilariante com cartoons… Os leitores não param de rir.» - Publisher’s Weekly
«Chega para lá, Harry Potter… A lista de vendas de coleções de livros juvenis tem novo líder e este não tem nada de “fantasia”.» - All Things Considered, NPR
«Uma das séries juvenis de maior sucesso alguma vez publicadas.» - Washington Post

http://www.booksmile.eu/livros/o-diario-de-um-banana-5-a-verdade-nua-e-crua



terça-feira, 8 de maio de 2012

Paciência não incluída



Primeiro manual de utilizador para pais de adolescentes.


Em publicação desde Julho de 1997, Zits é uma das mais divertidas tiras diárias dos últimos anos, publicada diariamente em centenas de jornais de todo o mundo, entre os quais o Jornal de Notícias.Actuais, divertidas, desconcertantes, certeiras, as tiras diárias têm como pressuposto os inevitáveis choques entre as duas gerações em confronto (e guerrilha permanente): a dos pais de Jeremy e a deste e dos seus amigos. Como principais motivos de choque estão as diferenças de ritmo e de ambições, a (proverbial) incapacidade dos pais para lidarem com as novas tecnologias, a (conhecida) incapacidade do filho para respeitar regras e horários, manter conversas com mais de meia dúzia de monossílabos ou compartilhar problemas e aspirações.
 
                                                                   











Autor(es)
Jerry Scott dedica-se à escrita das tiras Zits e Baby Blues desde quer recebeu o prémio para melhor cartoonista em 2001 atribuído pela National Cartoonists Society. Vive actualmente na Califórnia.
Jim Borgman foi o único cartoonista da receber o NCS's Best Editorial Cartoonist Award cinco vezes assim como o Reuben Award for Outstanding Cartoonist of the Year em 1993. Vive em Cincinnati e desenha para o Cincinnati Enquirer




segunda-feira, 7 de maio de 2012

Em perseguição do mal

Crónicas de Avantia-em Perseguição do Mal (As) - Ampliar ImagemTanner e o seu Pássaro de Fogo, Firepos, encontraram uma companheira, a Eleita de uma feroz Fera-Lobo. Juntos, envolvem-se numa corrida contra o tempo para localizar os fragmentos desaparecidos da Máscara da Morte. Se o maléfico Derthsin os encontrar primeiro, Avantia será destruída num reinado de fogo. Quem mais irá Tanner encontrar durante a sua jornada? E que novos horrores o aguardam nos intermináveis túneis das Minas Ocultas?


feraseherois.no.comunidades.net

Outras histórias





AMIGO








Mal nos conhecemos
Inaugurámos a palavra «amigo».

«Amigo» é um sorriso
De boca em boca,
Um olhar bem limpo,
Uma casa, mesmo modesta, que se oferece,
Um coração pronto a pulsar
Na nossa mão!

«Amigo» (recordam-se, vocês aí,
escrupulosos detritos?)
«Amigo» é o contrário de inimigo!

«Amigo» é o erro corrigido,
Não o erro perseguido, explorado,
É a verdade partilhada, praticada.

«Amigo» é a solidão derrotada!

«Amigo» é uma grande tarefa,
Um trabalho sem fim,
Um espaço útil, um tempo fértil,
«Amigo» vai ser, é já uma grande festa!


POESIAS COMPLETAS, No reino da Dinamarca, Alexandre O`Neil

Gerónimo Stilton 1ºepisódio (2-2) Procura outros títulos na Biblioteca

Gerónomo Stilton 1º episódio (1-2)

Com uma imaginação contagiante


Esta é a terceira missão de James Adams e uma das mais perigosas em toda a história da CHERUB.
Curtis Oxford é o filho de uma traficante de armas que vende mísseis norte-americanos a grupos terroristas. A missão de James é tornar-se amigo de Curtis, para que a polícia consiga alcançar a mãe.
Debaixo do sol abrasador do Arizona, e no meio de duzentos e oitenta jovens criminosos, qualquer erro pode ser fatal...
Segurança Máxima de Robert Muchamore
Críticas de imprensa
Robert Muchamore é o escritor infanto-juvenil da actualidade.
Jornal de Notícias


Este romance é para todos os jovens receosos da leitura, pelo apelo que faz à liberdade e à responsabilidade.
António Ferreira, Livros com RUM – Rádio Universitária do Minho


Escritos com um ritmo de thriller e com uma imaginação contagiante, os episódios de cada livro marcam o estilo jovial e atraente de contar histórias dos nossos tempos.
Carlos Pinto Coelho, Agora... Acontece!


Uma aventura alucinante, com jovens que oficialmente não existem, pois pertencem ao ramo juvenil do MI5 britânico.
João Paulo Sacadura, Cartaz das Artes, TVI

Juan Marsé - Um dos melhores escritores europeus vivos.


Caligrafia dos Sonhos + Oferta ExclusivaEm meados dos anos quarenta, Ringo é um rapazinho de quinze anos que passa as horas mortas no bar da senhora Paquita, movendo os dedos sobre a mesa, como se praticasse as lições de piano que a família já não pode pagar-lhe. Nessa taberna do bairro de barcelonês de Gracia, o miúdo é testemunha da história de amor de Vicky Mir e do senhor Alonso. Ali vivem, junto de Violeta, a filha da senhora Mir, até que sucede algo inesperado: um domingo à tarde, Vicki deita-se nas linhas mortas de um elétrico tentando um suicídio impossível e patético, e o senhor Alonso desaparece para não voltar. A única coisa que dele resta é uma carta que prometeu escrever e que Vicky ficará esperando e desejando até à loucura, enquanto Violeta rebola as suas esplêndidas ancas pelo bairro, rude e indiferente às lisonjas. A vida inteira decorre pelo bar da senhora Paquita e sob o olhar de Ringo, que escuta, lê e finalmente começará a escrever, enchendo de luz a triste caligrafia de toda uma geração que alimentou os seus sonhos nos cinemas de bairro e nas ruas cinzentas de uma cidade onde o futuro parecia algo improvável.


“um dos melhores escritores europeus vivos”The Independent «O humor, a vida, o sofrimento, a tristeza, a alegria, tudo está aqui sabiamente doseado, sem alardes inúteis porque o talento do Juan, além do mais, é de uma discrição absoluta.»
António Lobo Antunes

A excelente capacidade para escrever livros de ação


Morreram 345 pessoas.Um avião explode em pleno voo transatlântico, causando a morte a 345 pessoas. Os investigadores suspeitam de um ato terrorista, mas não têm como prová-lo.
Entretanto, a polícia recebe um telefonema de um jovem de 12 anos que acusa o pai de envolvimento no acidente. Pode ser uma pista, mas as provas teimam em não aparecer e o rapaz apresenta um historial de violência e problemas emocionais.
Os agentes da CHERUB são chamados a intervir em mais uma missão delicada e ultraperigosa!

Crónicas de Avantia

Assustar é o melhor remédio

Assustar É o Melhor Remédio - Phineas e Ferb,  Vol,  4 - Ampliar Imagem                     Quando a Isabella, a amiga do Phineas e do Ferb, é atacada por uma terrível crise de soluços, os rapazes constroem uma casa assombrada super-assustadora para tentar que os soluços desapareçam. Será que a casa cheia de malvados lobisomens, insectos rastejantes e vampiros sedentos de sangue acabará com os soluços ou será que a Isabella só vai apanhar um grande susto? A aventura continua quando o Phineas e o Ferb tentam arranjar uma múmia!                                                                                                              
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...